Instituto Federal do Paraná Marca do IFPR I NS TIT U T O F EDER A L Paraná Campus Ivaiporã

INSCRIÇÕES – 2019

As inscrições para APRESENTADORES DE TRABALHO foram prorrogadas até o dia 11/10/19 e as inscrições para OUVINTES até 06/11/19.

 

O II Encontro de Humanidades do Vale do Ivaí vem para solidificar uma experiência que surgiu como ousadia e que agora se fixa como êxito. A reunião de um grupo plural, multidisciplinar e que ultrapassa os muros das suas instituições de origem. Para abraçar isto que está na raiz da formação do Laboratório de Humanidades do Vale do Ivaí escolhemos como tema deste ano a questão da normalidade. Um grupo tão heterogêneo, que nunca se pretendeu “normal”, agora coloca a pergunta: afinal, o que é ser normal? Há de fato isto, “o normal”? Para estimular o debate e instigar a provocação pensamos no título “NÓS, OS NORMAIS” para o Encontro deste ano. De modo que o próprio título seja uma provocação em si, separando um “nós” de um “eles”, um “nós” de um “vocês”, demonstrando que o conceito de normal não é acolhedor nem inclusivo, como um olhar distraído poderia pressupor. Aqueles que dizem “nós, os normais” partem sempre do discurso abafado ou não dito que supõe implicitamente que há um “eles, os anormais”, “vocês, os esquisitos”. É para pensar em torno desses discursos que pressupõem ou impõem um padrão de normalidade e para entender porque tantos comportamentos, gostos, desejos e gestos são postos na configuração de anormal, indesejado e proibido que agora convidamos o público para participar do II Encontro de Humanidades do Vale do Ivaí.

 

CRONOGRAMA EM CONSTRUÇÃO

06/11/2019 (NOTURNO)

———————————-

19:30 – 20:30

Abertura do II Encontro de Humanidades do Vale do Ivaí

———————————-

20:30 – 22:30

Palestra de Abertura – “A questão na Normalização”

Profa. Dra. Georgia Cristina Amitrano (UFU/MG)

———————————-

07/11/2019 (VESPERTINO)

———————————-

13:00 – 17:00

Seções Temáticas (Apresentações de Trabalhos)

———————————-

07/11/2019 (NOTURNO)

———————————-

19:30 – 22:30

Palestra –  O feminicídio e a violência de gênero

Profa. Dra. Ana Maria de Fátima Leme Tarini (IFPR – Campus Pinhais)
Presidenta da OAB Londrina Vania Regina Silveira Queiroz (OAB Londrina/PR)
Juíza Zilda Romero (Vara Maria da Penha – Londrina/PR)

08/11/2019 (VESPERTINO)

———————————-

13:00 – 17:00

Seções Temáticas (Apresentações de Trabalhos)

———————————-

08/11/2019 (NOTURNO)

———————————-

19:30 – 21:30

Mesa Redonda Final com membros do Laboratório de Humanidades do Vale do Ivaí

———————————-

21:30 – 23:30

Confraternização

 

ENSALAMENTO DE SESSÕES TEMÁTICAS (STs)

As STs ocorrerão na UEM – Campus Ivaiporã

 

MESA A – 07/11/2019 – 13H ÀS 14H50 – ARTE E ESTRANHAMENTOS / SUJEITOS E SUBJETIVIDADES

Carlos Alberto Teixeira Mützenberg – EXPERIENCIA DE CRIAÇÃO: JORNAL VANGUARDA – IFPR

Natalia Silveira Belo Nascimento Roque – POÉTICA DA GRAVIDADE

Thiago Imai Lima – ARTE E CULTURA NA PERCEÇÃO DOS ESTUDANTES

Ludimila Bianca Santos Batista – IMAGINÁRIO E ESTRANHEZA NO CURTA FEIJÕES MÁGICOS

Jéssica Couto da Silva – EFÊMERO: UMA ANÁLISE DAS RELAÇÕES PRODUTIVAS CONTEMPORÂNEAS.

 

MESA B – 07/11/2019 – 15H10 ÀS 17H – POLÍTICAS PÚBLICAS, SOCIEDADE E PROTEÇÃO SOCIAL E DEFESA DE DIREITOS

Amanda Thalia Marega – BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR E EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA ANÁLISE SOBRE O MUNICIPIO DE IVAIPORÃ-PR

Bruno Inácio Duarte – BRASIL APÓS A COPA DO MUNDO DE 2014: ENTRE EXPECTATIVAS E REALIDADE

Jaqueline Rocha dos Reis – APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS ENTRE O PROJETO DE RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA EM EDUCAÇÃO FÍSICA E O MODELO DE RESIDÊNCIA MÉDICA

Huama Maximo – OS DESAFIOS DA SUCESSÃO HEREDITÁRIA DO PEQUENO PRODUTOR RURAL EM REGIME DE ECONOMIA FAMILIAR

Tainara Kürten Carvalho – O PROFISSIONAL DE SERVIÇO SOCIAL NA POLÍTICA DE SAÚDE

 

MESA C – 07/11/2019 – 15H10 ÀS 17H – ESTIGMA E NORMA O SER SOCIAL E SUAS POSSÍVEIS INTERPRETAÇÕES / GÊNERO FEMININO, LUTAS, DESAFIOS E SUPERAÇÕES

Dayane Larissa Carvalho Dos Santos – O DEBATE DE GÊNERO E SEXUALIDADE NA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Tiago Suchecki – O PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO NA CONSTRUÇÃO DO MÉDICO FRANCÊS JEAN-MAURICE FAIVRE

Mylena de Camargo dos Santos – DO TRABALHO AO PRAZER: A ESTIGMATIZAÇÃO DA MULHER NEGRA NO BRASIL

Renata Cerqueira Barbosa – MICHEL FOUCAULT E A SEXUALIDADE NA INGLATERRA VITORIANA

Ágatha Tullio – ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO BRASIL: EIXOS PREVENTIVOS DA LEI MARIA DA PENHA

 

MESA D – 08/11/2019 – 13H ÀS 14H50 – CULTURA E POLÍTICA NA HISTÓRIA

Karla Maria da Silva – COTIDIANO E VIDA COMUM NA CIDADE DE SÃO PAULO (1780-1820)

Ricardo Hiroyuki Shibata – CULTURA E POLÍTICA NO ILUMINISMO EM PORTUGAL.

A EPISTOLOGRAFIA DE LEONOR DE ALMEIDA

Natally Vieira Dias – REALISMO GROTESCO E POTENCIALIDADE TRANSFORMADORA DO RISO: AS ALEGRES CALAVERAS DE POSADA NA IMPRNESA POPULAR DO MÉXICO (PRÉ)REVOLUCIONÁRIO

Neilaine Ramos Rocha de Lima – OS INTELECTUAIS E A HISTÓRIA POLÍTICA: CELSO FURTADO E O PLANO TRIENAL

Danielle Thais Vital Gonçalves Longo – BIA E SPI: UMA ANÁLISE COMPARADA ACERCA DAS POLÌTICAS PÙBLICAS VOLTADAS AOS POVOS INDÍGENAS DOS ESTADOS UNIDOS E DO BRASIL (1910-1945)

 

MESA E – 08/11/2019 – 15H10 ÀS 17H – CULTURA E POLÍTICA NA HISTÓRIA / IDENTIDADE E O OUTRO

Tainara Cristina Egídio Camargo – “LUTA FEITA DE FERRO E DE FLOR”: A REPRESSÃO CAMPONESA NA DITADURA MILITAR (1964-1985)

Aline Rodrigues Pierobom – O DISCURSO INDIGENISTA PERUANO EM AMÉRICA INDÍGENA: ÓRGANO OFICIAL DEL INSTITUTO INDIGENISTA INTERAMERICANO (1948-1968)

Ana Carla Rodrigues Ribeiro – LA PROTESTA HUMANA: ANARQUISMO, EDUCAÇÃO E CIÊNCIA

Adrian Patrick Santos Ribeiro – FILHOS DA TERRA: DOCUMENTÁRIO SOBRE A ALDEIA DOS

ÍNDIOS KAINGANG DE MANOEL RIBAS – PR

Letícia Lima Pereira – ELABORAÇÃO DE MATERIAL PARA EDUCAÇÃO SEXUAL

 

MESA F – 08/11/2019 – 15H10 ÀS 17H – GOVERNOS, LIBERDADE, TERRA E HISTÓRIA

Cezar Felipe Cardozo Farias – CASA DE CULTURA DE JARDIM ALEGRE: UM ÓRGÃO PRECURSOR DO VALE DO IVAÍ?

Daiane Aparecida da Rocha – LINGUAGENS DE ENSINO NA HISTÓRIA: O USO DA MÚSICA NA SALA DE AULA E SUA LIGAÇÃO COM A REALIDADE REGIONAL

Guilherme Heerdt Vandredsen – OS EFEITOS DA DESIGUALDADE SOCIAL E SUA NORMALIZAÇÃO ATRAVÉS DE FALÁCIAS MERITOCRÁTICAS

Guilherme Eduardo Domingues – QUANDO VOCÊ DECIDIU SER HÉTERO? DOCUMENTÁRIO SOBRE ORIENTAÇÃO SEXUAL E SUAS PERSPECTIVAS NA SOCIEDADE BRASILEIRA

PR 466 – Gleba Pindaúva, Secção C, Parte 2 – Caixa Postal 138 – Ivaiporã/PR – (43) 3126-9400

Topo